​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​
Top Menu
  • 02

    Foto: Citydiscovery.com.br

Antes de iniciar o post falando especificamente dos produtos encontrados e dos preços praticados na Zona Livre de Colón, considero importante saber um pouco da importância histórica da região para o restante do Panamá.

A cidade de Colón, onde está localizada a Zona Livre, pertence à Província de Colón, a qual por sua localização com saída direta para o Mar do Caribe teve grande importância para o país, pois era nessa região que se dava a entrada e saída de riquezas desde a época colonial.

Depois, com a criação do canal do Panamá, o qual desemboca no Porto de Colón, a região ganhou ainda mais importância, passando ao controle dos EUA até o ano de 1999, quando as tropas militares deixaram o local, e a cidade de Colón mergulhou em uma profunda crise, passando a ser um local pobre à margem do restante do país.

 Em 1948 foi criada a Zona Livre de Colón, considerado o maior entreposto comercial livre de impostos e o mais importante das Américas. Isso porque, a Zona Livre é abastecida pelos 3 Portos mais importantes do Caribe. Atualmente, a Zona Livre de Colón é a segunda maior zona franca do mundo, só perdendo para a de Hong Kong.

Não conseguimos reunir muitas informações sobre como funcionavam as compras para varejo, então não tínhamos planejado visitar o local em nossa passagem pelo país; Contudo, como estávamos de carro, fomos conhecer a região, mais precisamente Portobelo, e acabamos nos deparando acidentalmente com a entrada da Zona Livre, quando então decidimos conhecer o local.

Assim, fomos “pegos de surpresa”, pois não tínhamos noção nenhuma do funcionamento da Zona Livre, e vamos tentar explicar tudo o que vimos e aprendemos por lá para que vocês, nossos leitores que pretendem visitar o local, não tenham dúvidas quando chegarem lá.

O que precisa ser dito é que a Zona Livre está localizada no centro de uma região bastante pobre e marginalizada, não tendo nada a ver com a organização e riqueza vista na Cidade do Panamá. Conforme dissemos anteriormente, desde a devolução pelos EUA do controle da região, esta mergulhou em uma profunda crise, sendo que há informações que a população de aproximadamente 100 mil habitantes da Cidade de Colón vivem em extrema miséria.

E foi exatamente o que observamos quando chegamos à Cidade: pobreza, lixo e desorganização.

* Ruas de Colón

Passada essa primeira impressão, conseguimos chegar à rua que possui os principais acessos à Zona Livre. Esta, por sua vez, nos surpreendeu por ser bastante organizada e até limpa quando comparada com o seu entorno. São 450 hectares murados, contando com mais de 2.000 mil empresas instaladas em seu interior.

* Rua dentro da Zona Livre de Colón

Para ingressar é preciso cuidado, pois diante do acesso principal há inúmeros ambulantes te oferecendo desde guias até produtos. A dica é seguir direto ao “Departamento de Pases”, local onde se paga pelo visto/passe para ingressar na Zona Livre. Quando visitamos, o ticket custava $1,00 por pessoa e $5,00 por veículo, sendo que para os turistas estrangeiros é necessário apresentar o passaporte.

Essa é uma dica fundamental, se estiver de carro considero importante ingressar com o veículo na área murada da Zona Livre, pois observamos mais policiamento lá dentro do que no lado de fora.

Quanto à segurança, nos sentimos relativamente seguros lá dentro, contudo é sempre bom ficar esperto para não sofrer com incidentes comuns em locais de comércio popular.

O local lembra muito os grandes comércios populares de São Paulo ou Ciudad del Este no Paraguai, embora na oportunidade em que visitamos o local não estivesse tão movimentado.

Em relação às compras e preços, os produtos mais vantajosos eram os esportivos, especialmente calçados. Também encontramos preços atraentes em algumas marcas de óculos de sol. Mas todo cuidado é pouco, pois observamos muitas lojas vendendo produtos falsificados ou de procedência duvidosa.

* algumas lojas da Zona Livre

Não conseguimos encontrar grandes lojas de produtos eletrônicos, mas ouvimos dizer que os preços são bons. Contudo, nas que encontramos existia poucas variedades de produtos, o que acabou decepcionando um pouco.

Lá dentro também existe um Duty Free, contudo os preços praticados são semelhantes aos demais Duty Free encontrados no país (aeroporto e Amador Causeway).

Em síntese, concluímos que não vale a pena se deslocar da Cidade do Panamá e percorrer 80km para visitar exclusivamente a Zona Livre de Colón, até porque, nem mesmo os funcionários do local deixam claro se é possível compras no varejo ou é exclusivo para atacado. Essa questão nos deixou bastante inseguros, sendo a grande razão por não termos explorado mais o local e nem nos empolgado tanto com as compras.

Na saída, como estávamos de carro, um dos fiscais do local quis abrir até o nosso porta-malas, mas nada falou sobre os itens que estávamos levando e deixou passar.

Portanto, essa questão sobre a venda no varejo não ficou clara para nós, sendo que aconselhamos evitar compras em excesso se não for despachar direto para o Porto ou Aeroporto, para evitar inconvenientes, pois de fato existe fiscalização na hora de sair da Zona Livre.

Para chegar até a Zona Livre de Colón, saindo da Cidade do Panamá, percorremos em torno de 80 km pelo Corredor Norte, em um trajeto de aproximadamente 1 hora em estrada com bom estado de conservação.


Outro meio de se chegar até o destino é através de ônibus, os quais partem a cada 30 minutos do terminal rodoviário de Albrook, ou de trem, que é feito pela Panama Canal Railway Company, e possui partidas diárias (saída Cidade Panamá – 7h15/saída Colón – 17h15), custando U$25,00 o trajeto para adultos. Maiores informações podem ser obtidas no site oficial (clique aqui)


Essas foram as nossas dicas sobre a Zona Livre de Colón, espero que tenham ajudado você a planejar a sua viagem.

Comentários

Avatar Leitor
Damasio

Ola tudo bem estou planejando ir até Colon você poderia me informar se na Zona Livre de colon pode encontrar material para construção , Janelas, kit de Portas , kit de Gabinetes, Torneiras, Porcelanato , Piso Granito , produtos para construção steel frame ou seja Drywall e ferragens ,produtos para Hotelaria como cama mesa banho,colchão, Tapetes e Cortinas etc. ATENCIOSAMENTE DAMÁSIO


Avatar Equipe

Olá Damasio, tudo bem? Infelizmente, não me recordo de ter encontrado itens como estes que você procura.


Avatar Leitor
Bruna Breda

Bom Dia Lala, vou ao panamá agora em dezembro e estou procurando uma cuba de louça para cozinha. vc sabe me dizer quais lojas de material para construçao posso encontrar isso? nao precisa ser em Colon, pois vi ai que vc respondeu nao ter visto. aguardo Obrigada


Avatar Equipe

Olá Bruna, tudo bem? Infelizmente não recordo de ter visto lojas deste tipo por lá. De qualquer modo, neste site você encontra um diretório de lojas http://www.zonalibreinfo.com/ que pode ser encontrada na Zona Livre. Espero que tenha ajudado e boa viagem.


Postar um novo comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados*

Fechar