​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​
Top Menu
01

Localizado em Mission Beach, San Diego, o “Wave House” é um local de destaque pelo seu potencial em entreter o cliente. O complexo é composto por um Bar, restaurante, café, e oferece um espaço para shows e eventos. Porém, a grande atração da casa é o simulador de ondas (o mesmo que vemos em cruzeiros mais sofisticados), chamado de flowrider.

01

Hoje encerro a série especial de 3 Posts sobre os Meios de Transporte presentes na cidade de Nova York, e para finalizar apresento e descrevo hoje mais 4 formas de transitar por dentro e pelos arredores de Manhattan. A cidade no geral realmente é bem eclética, em todos os aspectos, e isso reflete muito nas opções de transporte que lá estão disponíveis.

01

Bóra conhecer mais algumas opções de transporte para considerar em uma ida à Nova York? A cidade é tão grande e cheia de diversidades que a gama de meios de locomoção disponíveis é grande e bem variada, atendendo a todas as necessidades, extravagâncias, gostos e bolsos. Depois da primeira parte do Post, segue a lista de mais 4 formas de se locomover por lá!

01

Fica muito mais fácil criar o roteiro de uma viagem quando se sabe quais os meios de transporte estarão disponíveis na cidade que vamos visitar, não é verdade? Os modais de transporte são tão importantes na hora de planejar uma nova trip, que determinam até mesmo quais as atrações turísticas iremos visitar e quanto tempo demandaremos para chegar até elas e se o tempo estimado será suficiente ou não. Sabendo disso, hoje começo a listar aqui, de forma breve e resumida, todas (ou quase todas) as formas de se locomover por Nova York. Vamos lá!

01

A cidade de Nova York encanta com tantas atrações, tendo diversas opções para gostos e perfis diferentes, podendo fazer as suas visitas à Manhattan serem completamente distintas uma das outras. Como se fosse um lugar diferente, sabe? Os roteiros podem ser personalizados com passeios e visitações que vão desde o tradicional e os “Clichês” turísticos (Estátua da Liberdade, Times Square, Empire State Building, etc.), até as experiências mais próximas a vivência local de Nova York, como conhecer aquele bar que só os locais visitam, por exemplo.

01

Sou realmente apaixonado por Nova York e depois de visitar a cidade 2 vezes (uma passada rápida de 3 dias em 2008 e 10 dias em 2014), fico só aguardando uma boa oportunidade de visitá-la novamente e já bolando novos roteiros para desbravar Manhattan. Já tenho em mente quais passeios e atrações eu repetiria e todos os outros lugares que eu ainda preciso conhecer. Com uma certa “experiência” como turista em Nova York, me arrisco a repassar 5 dicas que acredito serem bem valiosas na hora de montar os itinerários diários, priorizando o que é, de fato, relevante. Vamos lá!

Fechar